quinta-feira, novembro 15, 2012

Guardar-se da Avareza


Então um homem lhe disse do meio da multidão: Mestre, dizei a meu irmão que divida comigo a herança que nos coube. Mas Jesus lhe disse: Ó homem! quem me estabeleceu para vos julgar ou para fazer vossas partilhas? Depois lhe disse: Tente cuidado em vos guardar de toda avareza; porque em qualquer abundância que o homem esteja, sua vida não depende dos bens que ele possua.


Havia um homem rico, cujas terras tinham produzido extraordinariamente; e ele mantinha em si mesmo estes pensamentos: Que farei, porque não tenho lugar onde eu possa encerrar tudo o que colhi? Eis, disse ele, o que farei: Derrubarei meus celeiros e os construirei maiores e aí colocarei toda a minha colheita e todos os meus bens; e direi à minha alma: Minha alma, tu tens muitos bens reservados para vários anos; repousa, come, bebe, ostenta. Mas Deus ao mesmo tempo disse a esse homem: Insensato que és! vai ser retomada tua alma esta noite mesmo; e para quem será o que amontoaste?


É isso o que acontece àquele que amontoa tesouros para sim mesmo, e que não é rico diante de Deus.

São Lucas, cap. XII, v. 13 a 21.

0 comentários:

Postar um comentário